Maquiagem definitiva e Micropigmentação. Existe diferença?

Uma das dúvidas mais frequentes quando falamos em micropigmentação é a associação feita com a maquiagem definitiva. Essas dúvidas surgem em relação à dor, durabilidade e alteração da cor. Assim como o próprio nome já diz, maquiagem definitiva é um procedimento de longa duração, já a micropigmentação é temporária.

Com uma durabilidade média de um ano a um ano e meio , a micropigmentação usa pigmentos com uma cor muito próxima a natural dos pelos e mais claros que os pigmentos usados na maquiagem definitiva, por isso, com o passar do tempo o pigmento vai sumindo gradativamente. Ao contrario da maquiagem definitiva que é um tipo de tatuagem que perfura a camada mais profunda da pele, a micropigmentação precisa de retoque de tempos em tempos e o aparelho utilizado para a realização da técnica possui uma rotação menor que o da maquiagem definitiva, deixando o traço mais suave, além disso, o pigmento usado é próprio para o rosto e não sofre variação de cor como o da definitiva que após alguns anos pode deixar a sobrancelha azulada.

Quando falamos em micropigmentação é importante destacar que fatores como tipo de pele e, principalmente, os cuidados nos primeiros sete dias após o procedimento são fundamentais para o bom resultado. Hidratar o local com pomada bepantol , não usar produtos abrasivos , não arrancar a casquinha em hipótese alguma, são cuidados importantes. No procedimento de micropigmentação é recomendado o retoque entre 30 e 60 dias, já que durante o período de cicatrização, alguma área pode não absorver tão bem o pigmento e ficar com alguma falha. Além disso, reforços ( retoques ) devem ser feitos anualmente com a sua profissional.

    Not Tags

Deixe um comentário